São José dos Campos confirma 3º caso de Varíola dos Macacos


São José dos Campos confirmou na última sexta-feira, 29 de julho, o terceiro caso de Varíola dos Macacos na cidade. Trata-se de uma mulher, moradora da cidade, sem registro de viagens, que não precisou de internação, cumpre isolamento domiciliar e é monitorada pela secretaria de saúde do munícipio.


Casos na região

O primeiro caso da doença em São José dos Campos foi confirmado no dia 7 de julho, em um homem que também não apresentou sintomas graves. Após cumprir o isolamento em casa, passa bem. A segunda confirmação aconteceu no dia 21, também em uma pessoa do sexo masculino. Diferente dos outros casos, esse paciente viajou para vários países da Europa. Ele não foi internado e cumpriu o isolamento.


Há, ainda, um caso da doença em um morador de Jacareí, confirmado no dia 25 de julho. O paciente chegou a ficar internado em São José dos Campos, mas teve alta e está recuperado.


A doença

A Secretaria de Saúde informou que a doença geralmente é leve e não há tratamento específico. Ela pode começar com febre dor de cabeça, dores musculares e nas costas, linfonodos inchados, calafrios ou cansaço. De um a três dias após o início dos sintomas, as pessoas desenvolvem lesões de pele, geralmente na boca, pés, peito, rosto e ou regiões genitais.


O maior risco de gravidade é para pessoas imunossuprimidas, com doenças autoimunes, gestantes, lactantes e crianças com menos de 8 anos.


Transmissão

A transmissão entre humanos ocorre principalmente por meio de contato próximo/íntimo com lesões de pele de pessoas infectadas, como por exemplo, pelo abraço, beijo, massagens, relações sexuais ou secreções respiratórias


Para se prevenir, deve-se evitar o contato próximo com a pessoa doente até que todas as feridas tenham cicatrizado. Também é importante a higienização das mãos, lavando-as com água e sabão ou utilizando álcool em gel.