top of page

Risco de Greve de Ônibus ameaça São José dos Campos, Taubaté e Jacareí

A semana começou com a possibilidade de greve de ônibus nas cidades de São José dos Campos, Taubaté e Jacareí devido ao impasse nas negociações salariais entre motoristas, cobradores e as empresas de transporte. Em assembleias realizadas na última sexta-feira (5), os trabalhadores decidiram pela paralisação, que poderá ocorrer a qualquer momento após um prazo de 72 horas contados a partir da sexta-feira. Caso não haja uma contraproposta, os ônibus poderão deixar de circular após o feriado de terça-feira, 9 de julho.


A categoria, que representa aproximadamente 2.500 trabalhadores no Vale do Paraíba, reivindica um aumento salarial significativo. Duas assembleias foram realizadas no Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba em São José, além das outras duas cidades, onde os motoristas e funcionários do transporte votaram pela paralisação.


Diante da decisão, o sindicato agora encaminhará um estado de greve à Busvale, entidade que representa as empresas de ônibus nas três principais cidades do Vale do Paraíba.


As empresas propuseram um reajuste salarial de 3,8%, além de um aumento de 4% nos benefícios, porém a oferta foi rejeitada pela categoria. O Sindicato dos Condutores inicialmente apresentou uma proposta de 10% para as negociações, mas o presidente Ronaldo Costa relatou que não houve avanços. O sindicato defende um aumento real para os motoristas e funcionários das empresas de ônibus.

留言


bottom of page