top of page

Prefeitura de São José dos Campos intervém na coleta de lixo, assume serviço e vai anular contrato



Na manhã desta quinta-feira, 7 de dezembro, a Prefeitura de São José dos Campos realizou uma intervenção na coleta de lixo orgânico (comum) da cidade. A medida foi tomada devido aos problemas enfrentados pela empresa Beta Ambiental, responsável pelo serviço, que resultaram na rescisão do contrato.


A Beta Ambiental havia vencido a licitação realizada pela prefeitura em junho de 2022 e estava encarregada da coleta de lixo orgânico. O contrato estabelecia um valor de R$ 129 milhões para cinco anos de prestação do serviço.


No entanto, devido a diversas paralisações na coleta de lixo em São José, o prefeito Anderson Farias (PSD) decidiu romper o contrato com a Beta Ambiental. Para garantir a continuidade do serviço, a prefeitura e a Urbam (Urbanizadora Municipal S.A), empresa vinculada à administração municipal e responsável pela coleta seletiva na cidade, assumirão a responsabilidade. Os caminhões e funcionários da Beta Ambiental também serão utilizados nessa transição.


O prefeito Anderson Farias (PSD) esteve na garagem da Beta Ambiental na manhã desta quinta-feira (7), acompanhado de funcionários da prefeitura para anunciar a intervenção na coleta de lixo. Além disso, ele aproveitou a oportunidade para conversar com os funcionários da empresa, que estão enfrentando atrasos no pagamento dos salários.


Com essa intervenção, espera-se que a coleta de lixo ôrganico em São José dos Campos seja regularizada e que a população não seja mais prejudicada pelos problemas causados pela Beta Ambiental. A prefeitura está empenhada em garantir um serviço eficiente e de qualidade para os cidadãos.

Comments


bottom of page