Perícia conclui que morte de MC Kevin foi acidental e sem ação violenta


O laudo da perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli concluiu que a queda de MC Kevin do quinto andar de um hotel da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, no último domingo (16), foi um acidente. O documento afirma que não houve indícios de briga ou ações violentas na suíte de onde o funkeiro caiu.


No laudo consta que antes de cair no chão, o artista bateu na laje da cobertura da área do bar e na parte superior do guarda corpo da área da piscina. Os peritos também encontraram ranhuras na grade de proteção da varanda, que fica a 15 metros de altura do local onde ele caiu.


Cabe agora aos investigadores definirem se vão indiciar alguém pela morte de MC Kevin. A Polícia ainda aguarda o resultado da perícia de celulares, do exame toxicológico e de imagens de câmeras de segurança.