Paulo Cupertino é preso em São Paulo após quase três anos do assassinato do ator Rafael Miguel

Atualizado: 17 de mai.


Quase três anos depois da morte do ator Rafael Miguel e dos pais dele, Paulo Cupertino Matias foi preso nesta segunda-feira, 16 de maio, em São Paulo. O crime ocorreu em 9 de junho de 2019. Segundo o delegado da seccional, a equipe de policiais recebeu uma informação de que Cupertino estaria em um hotel na capital paulista, foram checar e encontraram o procurado. Incluído na Difusão Vermelha da Interpol, Cupertino era o primeiro nome da lista dos criminosos mais perigosos e procurados de São Paulo.


Ele passará por audiência de custódia nesta terça-feira, 17 de maio, para que seja definido qual o Centro de Detenção Provisória ele será encaminhado. Antes de ser levado para passar a noite no 77º DP, ele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde fez o exame de corpo de delito.