top of page

Pacientes enfrentam horas de espera nos hospitais Clínicas Sul e da Vila Industrial em São José dos Campos

Pacientes relataram um dia de lotação nas unidades de saúde, houve relato de demora de até 15 horas para serem atendidos na última segunda-feira, 22 de abril. Um dos focos de reclamação foi o Hospital da Vila, em São José dos Campos.


Cintia Gonçalves fez um apelo, informando que desde as 11h58 da segunda-feira (22), no hospital, e aguardava pelos exames da filha, que apresentava febre, dores no corpo e na garganta, os quais só foram realizados às 17h30. Mesmo assim, por volta das 21h20 do mesmo dia, ela não havia recebido os resultados, causando indignação.


Pela manhã, outras unidades de saúde também registraram demoras no atendimento e grande quantidade de pessoas em busca de cuidados médicos, como no Hospital de Clínicas Sul.


"É um desrespeito", declarou Rosilene Aparecida Miranda sobre o caos no atendimento do Hospital de Clínicas Sul, onde acompanhou a filha de 16 anos com sintomas de dengue e Covid. Elas chegaram às 9h12 e às 16h30 ainda estavam no local. "Tive que deixar o trabalho para acompanhar minha filha", acrescentou a mãe.


Esses problemas de atendimento ocorreram no mesmo dia em que a Prefeitura de São José dos Campos inaugurou o Hospital de Retaguarda, voltado exclusivamente para internações, visando absorver o aumento na demanda por hospitalizações.


Além disso, também foi inaugurada a UBS Resolve do Jardim da Granja, no Parque Santa Rita, região sudeste, com um investimento de R$ 4,7 milhões.



Comments


bottom of page