top of page

Operação policial com apoio da EDP flagra furto de energia em adega em Caçapava


Na quinta-feira, 9 de maio, uma operação policial com o apoio da EDP flagrou um caso de furto de energia em uma adega localizada na Vila Antônio Augusto Luiz, em Caçapava. O proprietário do estabelecimento deverá responder pelo crime de furto de energia, sujeitando-se a uma pena de reclusão que pode variar de um a quatro anos.


A ação foi conduzida pela Polícia Militar, com o suporte da EDP. Durante a vistoria no local, os técnicos da empresa identificaram o desvio de energia. Estima-se que o prejuízo causado pelo consumo irregular de energia ultrapasse os R$ 20 mil.


Posteriormente, o local foi periciado pela Polícia Civil. Além das consequências no âmbito criminal, o proprietário deverá arcar, conforme as normas estabelecidas pela Resolução da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), com a cobrança referente à totalidade da energia não faturada durante o período da irregularidade, bem como com os custos administrativos associados.

Comments


bottom of page