top of page

Menina de 12 anos que matou amiga de 13 anos com um tiro em Taubaté irá a julgamento


Ana Lívia levou um tiro na nuca | Foto: Divulgação

A menina de 12 anos que confessou ter matado a amiga, Ana Lívia, de 13 anos com um tiro na nuca, no dia 27 de setembro desse ano, no bairro Jardim Paulista, em Taubaté, irá a julgamento pelo crime, que ainda não teve a data divulgada, mas a expectativa é que a Justiça decida o caso, ainda no mês de outubro, por se tratar de um caso grave.


No processo, ela terá direito a advogado ou a um defensor público. O local do julgamento também será definido pela Justiça, mas deve ser mesmo em Taubaté. A menina pode participar tanto presencialmente quanto de forma virtual.


Um dia após o crime, ela foi encaminhada para Fundação Casa em São Paulo, em internação provisória, por 45 dias, que é o tempo que o Judiciário tem para decidir sobre o futuro dela. O prazo deve vencer na primeira quinzena de novembro, Antes, ela foi levada para a unidade da Fundação Casa de São José dos Campos, onde foi ouvida pelo Ministério Público.


Após o julgamento ela poderá ser mantida internada de seis meses a três anos na Fundação Casa, ou ser aplicada a ela uma medida socioeducativa, como uma medida de semiliberdade ou de liberdade assistida, o que mudaria a maneira de cumprimento da decisão judicial.



댓글


bottom of page