top of page

Mais de 7 mil moradores de São José dos Campos vivem em áreas de risco


Um levantamento do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais e da Defesa Civil estadual aponta que mais de 7,3 mil pessoas vivem em áreas de risco em São José dos Campos.


Os dados apontam que a maioria das áreas de risco fica na região norte da cidade. São cerca de 1,7 mil moradias em áreas de risco para escorregamento de terra, a principal ameaça na cidade. Só o bairro Chácaras Havaí concentra 261 moradias em locais inadequados.


Áreas de risco:

  • Chácaras Havaí, com 261 moradias em locais inadequados;

  • Águas do Canindu, que tem 251 moradias em áreas de risco ;

  • Chácaras Oliveiras, com 183 moradias em áreas perigosas;

  • Também há casas em áreas de risco em bairros como Buquirinha 1, Chácara Taquari e Fazenda Boa Vista, todos na região norte, além do Rio Comprido e Chácara Araújo.

A Prefeitura de São José dos Campos informou que quando é identificado o risco iminente nas moradias e os moradores se recusam a sair, o caso é levado para a Justiça.


A prefeitura afirma que são várias casas nesta situação e acrescentou ainda que faz uma avaliação social e paga um auxílio moradia ao proprietário que aceitar sair do local.

Comments


bottom of page