Justiça condena morador que chamou Felicio Ramuth, de "vagabundo", "imprestável" e "puxa saco"