top of page

Jovem é preso na Vila Maria em São José dos Campos por extorquir homens com quem mantinha relações sexuais


Um jovem de 22 anos foi preso em São José dos Campos nesta segunda-feira, 24 de junho, na Vila Maria, por extorquir homens com quem mantinha relações sexuais. Ele usava redes sociais e sites de relacionamento voltados para o público LGBTQIA+ para atrair suas vítimas. Após estabelecer contato e marcar encontros, o jovem mantinha relações sexuais com os parceiros e então os extorquia, exigindo pagamentos por um "programa" não previamente acordado. A prisão foi realizada pelo 1º DP após cerca de 45 dias de investigação, com base em mandado da 4ª Vara Criminal.


Segundo a polícia, as vítimas, ao serem confrontadas com a cobrança inesperada, muitas vezes reagiam, afirmando que não haviam combinado o pagamento. Diante da recusa em pagar, o jovem agredia fisicamente as vítimas e depois exigia transferências via Pix como forma de extorsão. Em média, cada vítima era extorquida em R$ 1.500, havendo um caso registrado de extorsão no valor de R$ 15 mil.


A prisão temporária do suspeito foi decretada na sexta-feira anterior pela juíza Fernanda Salvador Veiga. Além dos três casos confirmados em São José dos Campos, as autoridades investigam outros seis casos semelhantes, quatro na mesma cidade, um em Campinas e outro em Votorantim, interior de São Paulo.


O delegado Reinaldo Ribeiro Checa Junior, do 1º DP, explicou que o suspeito instruía as vítimas a realizarem os pagamentos via Pix em contas de familiares. A prisão ocorreu momentos antes de uma viagem planejada pelo jovem para a Bahia, onde ele pretendia visitar familiares, marcada para terça-feira, 25 de junho, às 7h. A polícia segue investigando para identificar e prevenir novos crimes seguindo o mesmo padrão de comportamento criminoso.

Comments


bottom of page