top of page

Chuva causa alagamentos e outros transtornos em São José dos Campos


A chuva que caiu na tarde na última terça-feira, 7 de fevereiro, em São José dos Campos, por volta das 14h, deixou a avenida Nelson D’ávila e a rua XV de Novembro alagadas, dificultando a passagem de carros e de pedestres.


Os cones de uma obra de revitalização da prefeitura até boiaram com a quantidade de água e uma espécie de onda se formou no alagamento.


Pelo menos quatro escolas dos bairros Telespark, Vila Cristina, Monte Castelo e Vila Industrial foram atingidas, e equipes da Secretaria de Educação e Cidadania trabalharam nas unidades para limpeza e manutenção.


Uma cratera que se abriu na segunda-feira (6) na Avenida João Marson, na Vila Industrial, mas se agravou com as chuvas desta terça-feira (7), fez com que a prefeitura interditasse a avenida, entre a rotatória da Itavema e a rua Dr. Jamil Cury. Motoristas enfrentaram um grande congestionamento por conta disso.


Já no Shopping Vale Sul houve desabamento de um teto de gesso. Ninguém ficou ferido. Por meio de nota, o shopping informou que: "por volta das 14h20 desta terça-feira, dia 07 de fevereiro, devido à forte chuva, houve goteira em um corredor do nosso shopping. O local foi imediatamente isolado e, depois, houve desabamento de uma parte de gesso, da sanca do teto. Ninguém se feriu e toda manutenção necessária já foi providenciada".


Segundo a Prefeitura, os índices pluviométricos monitorados pela Defesa Civil de São José dos Campos registraram 33 milímetros de água na região norte e aproximadamente 21 milímetros na região do Jardim Paulista. Choveu em apenas uma hora (entre às 14h e 15h) mais que a média esperada por dia no mês de fevereiro, que é de 20 a 25 milímetros.


Comments


bottom of page